Pensando em como se preparar para a Black Friday 2020? Confira nossas 5 dicas!

A importância da Black Friday para as lojas e empresas é enorme, pois representa mais uma oportunidade de aquecer as vendas no ano e gerar lucro. Mas além do aumento do fluxo de compras, a Black Friday oportuniza às empresas atraírem novos clientes e fidelizaram os atuais. Aprenda como aproveitar o melhor da data!

como se preparar para a Black Friday

O dia internacional de descontos é uma oportunidade e tanto para alavancar as vendas de produtos e serviços antes do Natal e do Réveillon, não é mesmo? Por isso, saber como se preparar para a Black Friday é fundamental para você dar aquele “up” no fluxo de caixa e ir para o fim do ano mais motivado do que nunca.

Além do mais, é importante entender que essa data comercial — que ganhou popularidade mundial — não é voltada apenas para as lojas físicas e virtuais.

Ou seja, mesmo que sua empresa não atue no segmento varejista, ela pode, sim, aproveitar essa oportunidade para fazer promoções imperdíveis e fechar excelentes negócios.

Ficou interessado em saber como se preparar para a Black Friday? Preparamos cinco dicas infalíveis para você aproveitar os encantos desse dia. Veja nos tópicos a seguir!

Clique aqui e descubra a ferramenta ideal para potencializar as suas métricas de atendimento.

Como surgiu a Black Friday?

Para você aproveitar melhor esse dia global de descontos, é importante compreender, primeiro, a origem e o objetivo do evento e como ele se tornou tão poderoso no universo comercial e empresarial, certo?

Contudo, é correto dizer que não há uma história oficial sobre a origem da Black Friday. Existem, sim, muitas teorias acerca do surgimento desse dia voltado para vendas promocionais.

Mas a que mais se popularizou — e a que mais faz sentido — é a versão de que o evento começou depois do dia de Ação de Graças, nos Estados Unidos.

Tal data ocorre na última quinta-feira de novembro e, tradicionalmente, muitos americanos aproveitavam a oportunidade e saíam às ruas para fazer suas compras de Natal.

Como a quantidade de pessoas e carros movimentavam muito as cidades e seus comércios, passou-se a chamar essa data de “Sexta-feira Negra” (tradução de Black Friday), pelo caos e tumulto urbanos gerados por esse dia.

Dessa forma, os lojistas americanos aproveitaram a oportunidade para fazer ações de marketing e promoções incríveis para se destacar da concorrência e alavancar as vendas. Até hoje, os descontos são exorbitantes nesse país.

Em meados de 2011, o nome “Black Friday” foi oficializado e se espalhou pelo mundo. Um de seus destinos, logicamente, foi o Brasil.

Qual é a importância de saber como se preparar para a Black Friday para as empresas?

A importância do evento para as lojas e empresas é enorme, pois representa mais uma oportunidade de aquecer as vendas no ano e gerar lucro. Na verdade, a data comercial tem relevância para a economia como um todo.

Isso porque, quanto mais aquecido é o comércio, mais postos de emprego se abrem, o Produto Interno Bruto (PIB) cresce e todos ficam felizes, não é?

Além do aumento do fluxo de compras, a Black Friday oportuniza às empresas atraírem novos clientes e fidelizarem os que já se encontram na carteira de clientela, por meio de ações de marketing, promoções etc.

Portanto, não é nada estratégico deixar esse evento passar “em branco”, não acha?

Ele juntou-se às demais datas comerciais importantes presentes em nosso calendário, e acredite: veio para ficar e se legitimar enquanto um marco promocional que já se espalhou pelo mundo.

[eBook] Movidesk + Vindi: Como superar expectativas e fidelizar mais clientes

Como superar expectativas e fidelizar mais clientes

Por que o evento ainda não funciona muito bem no Brasil?

Incrivelmente, porém, a Black Friday ainda não vingou tanto no Brasil quanto lá fora. Os motivos são diversos e você vai entender.

Nos Estados Unidos, por exemplo, o evento tornou-se um marco especial, capaz de levar os americanos à loucura.

Você já deve ter visto reportagens de telejornais que mostram pessoas acampando em frente às lojas para comprar produtos com 90% de desconto.

As imagens daquelas multidões de pessoas até chegam a assustar, não é verdade?

Ocorre que o atrativo das ofertas é muito grande, afinal, quem não gostaria de aproveitar um desconto imperdível para comprar algo que esteja precisando?

No Brasil, porém, parece que a moda ainda não pegou com tanta força, principalmente por parte dos empresários e lojistas, visto que a Black Friday tem ganhado espaço na mídia e os consumidores demonstram cada vez mais interesse na data.

A falta de preparo dos lojistas, promoções pouco atrativas, problemas no site e no atendimento são alguns motivos que emperram o crescimento da data, que ficou conhecida como “Black Fraude” em nosso território.

Como se preparar para a Black Friday?

Para aproveitar as oportunidades geradas pelo evento para conquistar e fidelizar mais clientes e movimentar seu fluxo de caixa, é importante você se preparar para essa data.

Algumas iniciativas são fundamentais, confira a seguir.

1. Pense na experiência do cliente

Nesse dia em especial, o cliente está interessado em obter vantagens, por meio de promoções imperdíveis.

Essa é a promessa do evento, na verdade.

Portanto, ofereça isso a ele, elabore ofertas realmente atraentes, chamativas, para que a experiência do consumidor seja marcante na jornada de compra.

Torne-se um especialista em Customer Experience! Clique aqui.

2. Trabalhe seu atendimento em mais de um canal de comunicação

Sabemos que hoje, em plena Transformação Digital, boa parte das compras são feitas pela internet.

Quando o cliente não usa a web para fazer negócio, ele a utiliza para pesquisar, comparar preços, pedir informações etc.

Por isso, trabalhe com mais de um canal de comunicação, tenha presença digital e amplie a cobertura de sua empresa.

Você sabia, por exemplo, que nessa época do ano o número de mensagens nas redes sociais tende a disparar? Então saiba como atender bem esse público vendo o vídeo abaixo, gravado pela nossa queridíssima Alexia, social media da Movidesk:

3. Treine seus colaboradores

A tendência é que a Black Friday mobilize uma extensa presença de consumidores nos pontos comerciais, sejam eles físicos, sejam eletrônicos.

Logo, é imprescindível preparar seus colaboradores para dar conta da demanda, a partir de um atendimento empático, humanizado, eficiente, ágil e personalizado — um atendimento capaz de satisfazer o consumidor e produzir uma boa experiência de compra.

4. Seja honesto com seus clientes

Lembra da “Black Fraude”?

Pois bem, os clientes não bobos, pelo contrário, com amplo acesso às informações, estão mais antenados do que nunca e vão sempre escolher as ofertas mais atrativas — e o lugar que oferece o melhor atendimento.

Seja honesto, transparente e prepare promoções e descontos verdadeiros e chamativos. Enfim, aproveite as oportunidades dessa data marcada por alta demanda.

5. Planeje-se para o evento

O planejamento é fundamental para você obter resultados realmente expressivos na Black Friday.

Invista nessa etapa com antecedência, trabalhe bem a divulgação de seus produtos e/ou serviços, faça campanhas de marketing, crie expectativas em seus clientes.

Além disso, como já dito, prepare seus colaboradores e melhore a infraestrutura da empresa.

E o mais importante: capriche no atendimento.

Uma tática interessante de como se preparar para a Black Friday é investir na estratégia omnichannel, que nada mais é do que integrar seus canais de atendimento para facilitar a comunicação com os clientes e levá-los à ação de compras.

Veja aqui como o omnichannel funciona no varejo a partir de exemplos de empresas de sucesso que vão lhe inspirar a colocar esse conceito em prática!

Pronto para decolar? Faça um diagnóstico grátis da sua gestão de atendimento.

Deixe seu comentário