Tendências tecnológicas para 2020: como se preparar para a hiperautomação

A hiperautomação é um conceito que vai além da simples automação de tarefas. Ela leva em conta todo o processo de pesquisa, análise e desenvolvimento, de forma que todos os processos evoluam por conta própria e possam ser adaptados a diferentes demandas.

hiperautomação

Já faz alguns anos que a tecnologia digital toma conta do dia a dia de todas as pessoas, tanto na vida particular quanto profissional. Muitas inovações tecnológicas já apresentam um grande impacto no funcionamento de uma empresa. E várias tendências para 2020, como inteligência artificial e hiperautomação, devem continuar mudando a forma como as empresas funcionam.

Porém, para aproveitar melhor esses benefícios, é necessário conhecer essas tendências e se preparar para sua chegada.

Algumas podem exigir mudanças mais profundas na estrutura tecnológica de uma empresa, o que requer tempo e investimento.

Vamos dar uma olhada em algumas delas?

Baixe agora o infográfico Da Carta ao Sistema: a evolução da comunicação, e aprenda muito mais além da hiperautomação.

Quais as principais tendências tecnológicas para 2020?

Para ajudar você a entender melhor o tema, listamos aqui algumas das principais tendências tecnológicas para 2020 e como você pode se preparar para elas. Acompanhe!

Blockchain

O Blockchain consiste em uma cadeia de verificação de dados, em que várias máquinas são usadas para comparar registros de uma mesma informação.

Dessa maneira, é viável assegurar a veracidade de dados com muito mais facilidade. Em alguns casos, é possível até garantir que itens digitais sejam únicos e impossíveis de duplicar.

Democratização

Um dos maiores benefícios da introdução da internet ao dia a dia de todas as pessoas é certamente a facilidade em obter conhecimento.

Qualquer pessoa com um aparelho digital pode fazer pesquisas sobre os mais diversos temas e obter informações relevantes, desde que tenha um pouco de orientação. Isso também é válido para pessoas que estão aprendendo como fazer negócios.

O mesmo vale para a distribuição de informação e conhecimento dentro das empresas. Hoje em dia, é praticamente um pré-requisito que todos os processos e normas sejam expostos de forma transparente para todos os colaboradores.

Isso não só ajuda a padronizar certos trabalhos como também torna mais fácil encontrar soluções e oportunidades de aprimoramento e hiperautomação.

Realidade virtual

Empresas que precisam expor seus produtos de alguma forma, como imóveis, carros e similares, se beneficiam bastante quando podem apresentar essa experiência a distância. Dessa forma, mesmo que o cliente não possa ter um contato direto com seu serviço, ele ainda pode ter uma amostra e fazer seu julgamento em relação à sua qualidade.

A realidade virtual é um dos recursos que promete atender a essa necessidade. Com a combinação de sons, imagens e respostas intuitivas aos estímulos do espaço, é possível apresentar uma amostra bem mais aprofundada do produto e suas qualidades.

Isso é especialmente útil para produtos que devem ser projetados e examinados antes de sua produção, como estruturas sob medida, inclusive reduzindo custos.

Tecnologia na nuvem

A nuvem é um dos conceitos de maior importância no mercado atual e você muito provavelmente já ouviu falar dela. Com a popularização da internet, é possível armazenar dados e até sistemas inteiros em um servidor remoto, chamado de “nuvem”, o qual pode ser acessado e trabalhado a partir de outras máquinas.

Praticamente toda empresa já utiliza esse tipo de recurso para obter espaço de armazenamento mais rápido, eliminando a necessidade de ampliar bancos de dados físicos com muita frequência. Isso permite uma estrutura de informação mais flexível e eficiente.

Rastreabilidade e transparência

Segurança e confiabilidade são duas qualidades cada vez mais buscadas por todos os consumidores hoje em dia — especialmente com o crescimento das encomendas pela internet.

Não é incomum ouvir falar de casos em que um produto foi extraviado ou danificado durante o transporte, ou que um pedido não foi atendido corretamente.

Também vêm aumentando os recursos de rastreabilidade, permitindo que clientes e empresas acompanhem o deslocamento de seus produtos ao longo do tempo — tanto para produtos físicos quanto digitais. Isso ajuda a tornar toda a negociação mais transparente e eficiente, tanto para com outras empresas quanto para seus clientes.

Aprenda a construir sua própria base de conhecimento e confira as melhores práticas de redação para melhorar o seu autoatendimento!

Base de conhecimento: como escrever conteúdos eficazes

Inteligência artificial

À medida que uma empresa cresce, fica mais e mais difícil administrar todas as informações e processos que circulam a cada dia. Não é apenas uma questão de capacidade, mas também de velocidade, pois nenhuma pessoa consegue acompanhar tanta informação no mesmo ritmo que ela surge e se conecta ao resto de um sistema.

Para poder acompanhar os padrões atuais do mercado e de muitos compradores, é necessário estar um passo à frente. Nesse ponto, a inteligência artificial é uma de suas melhores aliadas.

Ela permite que você acompanhe uma grande quantidade de informações, executando tarefas metódicas e identificando padrões com muito mais facilidade. No médio e longo prazo, ela pode se aprimorar e ajudar você na tomada de decisões relevantes.

Hiperautomação

A automação de processos não é nenhuma grande novidade.

Desde a primeira revolução industrial, já é possível notar como a padronização e automação de certos procedimentos torna todo o processo mais eficiente e ágil. O mesmo se aplica a várias tarefas que são mais particulares do trabalho moderno, que utiliza a tecnologia digital todos os dias.

A hiperautomação, por sua vez, é uma versão mais aprofundada desse conceito, levando em conta não apenas a automação da tarefa em si, mas também todo o processo de pesquisa, análise e desenvolvimento que leva a ela.

A ideia é que, com uma estrutura bem desenvolvida, todos os processos automatizados podem ser mais produtivos e eficazes.

Como se preparar para a hiperautomação?

Considerando a velocidade do mundo atual, é quase impossível imaginar um mundo que não esteja altamente automatizado no futuro. Para ajudar a acompanhar esse ritmo, separamos aqui três dicas para se preparar.

Invista em machine learning

Inteligência artificial e machine learning são dois componentes vitais do trabalho de automação. Sem esses recursos, é bem mais difícil aprimorar esses processos.

Avalie e otimize seus processos automatizados

Na hiperautomação, a ideia é que os processos comecem, se mantenham e evoluam por conta própria, graças ao machine learning. Sendo assim, vale a pena dar a esse sistema um bom ponto de partida.

Priorize a flexibilidade

Poder se adaptar a novas demandas é outro trabalho fundamental. Mesmo em sistemas automatizados, ainda é necessário ter espaço para flexibilizar sua produção.

Agora que você entende melhor a hiperautomação e outras tendências de tecnologia para 2020, é hora de começar a incluí-las em seu negócio. Quanto antes você começar, mais à frente estará da concorrência.

Ainda não sabe por onde começar? Então entre em contato com a Movidesk e veja como podemos auxiliar.

Experimente o Movidesk

Deixe seu comentário