O que a música It’s A Long Way To The Top pode te ensinar sobre vendas

It's A Long Way To The Top

“É um longo caminho até o topo se você quer…VENDER”.

Que o rock é um gênero que transcende o universo musical, todo mundo sabe. Até porque, é notável o quanto a literatura e o cinema andam juntos com as guitarras distorcidas, desde os tempos em que Marlon Brando e James Dean, ainda garotos, despontavam nas telas ao som de “Rock Around The Clock” de Bill Haley, entre outros hits dos anos 50.

O que pouca gente percebe, é que o rock pode ser relacionado a muitos outros universos. Ou vai dizer que você já parou pra pensar de que maneira os hits de bandas como AC/DC, Metallica e Led Zeppelin, podem ter tudo a ver com o que fazemos todos os dias em vendas?

It's A Long Way To The Top

Pois é, difícil imaginar…posso dizer contudo, que desde o meu ingresso ao mundo das vendas, venho percebendo inúmeras relações entre os esforços necessários para obter sucesso neste meio, com os hinos do rock que fazem parte do dia a dia de todos os amantes do gênero.

Mas, afinal, o que o rock tem a ver com vendas?

Um exemplo quase que palpável dessa relação pode ser ouvido na voz inconfundível de Bon Scott, que marcou uma era como segundo vocalista do AC/DC, sendo lembrado até hoje não só pela voz, mas também pela habilidade na gaita de fole.

Em um longínquo ano de 1975, os irmãos Young, juntamente com Scott, escreveram o clássico “It’s a Long Way To The Top (If You Wanna Rock ‘N’ Roll)”, nos dizendo que é um longo caminho até o topo, se você quer chegar lá, e sim, esta escalada tem TUDO a ver com vendas.

Dê um play neste clássico e vamos juntos fazer esta escalada até o topo:

Ridin’ down the highway
Goin’ to a show
Stop in all the by-ways
Playin’ rock ‘n’ roll
Gettin’ robbed
Gettin’ stoned
Gettin’ beat up
Broken boned
Gettin’ had
Gettin’ took
I tell you folks
It’s harder than it looks

Já nas primeiras estrofes da música, é possível perceber o quanto o mundo do rock e das vendas se correlacionam. Vai dizer que não somos: enganados, enrolados, passados para trás por aquele lead que estamos lutando para transformar em cliente? Pois é. E quando isso acontece, temos que usar todo o nosso arsenal persuasivo para alavancar a oportunidade.

E como bem diz o AC/DC neste trecho: “É mais difícil do que parece”. Sim, muito! Tanto para uma banda em início de carreira, quanto para um novo vendedor tentando achar seu espaço em uma área tão concorrida, que depende tanto de resultados.

Em alguns casos, temos um tempo curtíssimo para performar, pois grandes empresas não irão esperar meses até nos tornarmos grandes vendedores, assim como grandes gravadoras não esperam as bandas evoluírem.

É necessário estar pronto, para mostrar serviço na primeira oportunidade, tanto em uma primeira apresentação de um produto na área de vendas, quanto na apresentação inicial de uma banda para uma gravadora.

It's A Long Way To The Top

Hotel, motel
Make you wanna cry
Lady do the hard sell
Know the reason why
Gettin’ old
Gettin’ grey
Gettin’ ripped off
Under-paid
Gettin’ sold
Second hand
That’s how it goes
Playin’ in a band

Neste trecho, Bon Scott inclusive cita vendas ao descrever a penosa rotina do que é tocar em uma banda: “Faça a sua difícil venda e saiba a razão por trás”, pois tão importante quanto conhecer o seu produto, é entender a necessidade do seu possível cliente.

Saber a real “dor” do lead e entender de fato o que ele precisa, é essencial. Mesmo que a venda não se concretize, e você perceba que a solução que você apresenta não é aquilo que ele necessita, agregue valor, faça com que pelo menos o tempo gasto nesta troca de informações tenha valido a pena, pois neste caso, indicações certamente virão deste lead, e com certeza ele irá te procurar se um dia precisar de fato do seu produto.

Outra parte interessante deste trecho é o dia a dia na estrada citado pelo AC/DC, em que as trocas de hotéis de uma banda em seu início “fazem com que você queira chorar”. A relação aqui é mais próxima do profissional focado em Outside Sales, onde a visita aos possíveis clientes é extremamente comum. Com isso, a vida na estrada em início de carreira pode ser tão árdua quanto a citada pela banda australiana.

“Ficando velho, grisalho, sendo usado e mal pago”, e aí, se identifica? O processo realmente é árduo, mas convenhamos, quer sensação melhor do que fechar aquele cliente grande que tanto investimos nosso tempo? Sim, isso faz tudo valer a pena, assim como tocar para um grande público em um show após meses de ensaio.

It's A Long Way To The Top

If you wanna be a star of stage and screen
Look out it’s rough and mean
It’s a long way to the top
if you wanna rock ‘n’ roll
Well it’s a long way
It’s a long way, you should’ve told me
It’s a long way, such a long way

“É um longo caminho, você deveria ter me avisado…” Pois é, pelo visto ninguém avisou Bon, Malcom e Angus que seria tão difícil, mas ao menos você já está avisado.

Tanto para se tornar uma estrela do rock, quanto para brilhar em vendas, é preciso saber que o trajeto é sinuoso. Não basta um grande hit, assim como não basta uma grande venda, é necessário nunca estar plenamente satisfeito, sempre buscando a próxima meta.

Sair da zona de conforto, enfrentar as adversidades e estar preparado para qualquer público, é algo que tanto astros do rock, quanto nós da área de vendas tivemos ou teremos que enfrentar algum dia.

Agora é a sua vez, coloque uma boa música e se prepare, pois é um longo caminho até o topo se você quer arrebentar nas vendas.

It's A Long Way To The Top

Leia também: