Como o marketing digital pode potencializar suas vendas

Empresas de todos os tipos estão recorrendo ao Marketing Digital para aumentar as suas vendas. Porém, não devemos entender o ambiente online apenas como mais um canal de aquisição de clientes. Ele é um espaço extremamente dinâmico e pode fazer com que a sua empresa cresça e se destaque entre os concorrentes.

marketing digital

O uso do marketing digital para aumentar as vendas vai ao encontro do comportamento do consumidor moderno: pessoas que não têm muita paciência para argumentos de venda tradicionais e gostam de ser protagonistas em suas experiências de consumo.

Dessa forma, fica claro que não basta ter um site ou um perfil nas redes sociais. É preciso desenvolver estratégias que “conversem” com o perfil do seu consumidor, destaquem a sua marca no mercado e mantenham seus clientes por perto.

Neste artigo, trazemos informações valiosas para você entender e aplicar esses conceitos na sua empresa. Continue a leitura para conferir!

Como o marketing digital beneficia os negócios nos dias atuais?

Quando falamos em marketing digital, a primeira coisa que precisamos entender é que estamos tratando de uma grande área que engloba diferentes abordagens, canais, serviços e estratégias. 

Ou seja, existem dezenas de formas de se fazer marketing digital, e dada a vasta quantidade de ferramentas e plataformas disponíveis, suas possibilidades são enormes.

Entretanto, o que deve ser entendido é que não é apenas a digitalização do seu modelo de negócio ou da sua divulgação que trará benefícios. É o fato de estar presente em um ambiente que já faz parte do dia a dia das pessoas. Se aproximar delas de uma forma genuína é o que torna esse tipo de marketing tão especial.

Nesse sentido, três fatores precisam ser considerados. Entenda mais a seguir!

O seu cliente mudou

O consumidor de hoje não é o mesmo de anos atrás. As pessoas estão mais antenadas, consomem grandes quantidades de informação diariamente e estão muito mais críticas em relação aos produtos e serviços que adquirem e às empresas que os fornecem.

O mercado mudou

As inovações também mudaram a cara do mercado e a maneira como as marcas se comunicam. Fazer propaganda não é mais o suficiente e estar presente nos principais canais digitais é fundamental, até mesmo para os negócios offline.

O mundo mudou

Naturalmente, o panorama mundial também mudou bastante e, no que toca as empresas, podemos dizer que a consciência sobre temas como sociedade, política e meio ambiente está presente na percepção da maioria dos consumidores, que cobram por atitudes relevantes das suas marcas favoritas.

Esses fatores não implicam a obrigatoriedade de investir em ações sociais ― embora elas sejam bem-vindas ―, mas requerem que a sua empresa vá além dos seus produtos e ofertas e passe a gerar valor de outras maneiras.

Quais são as principais vantagens de promover a sua marca na internet?

De maneira geral, a internet é um excelente local para:

  • Ser encontrado, firmando a sua presença digital;
  • Conhecer o seu público, analisando e monitorando o comportamento dos usuários;
  • Segmentar a audiência, focando as pessoas que a sua marca realmente pode ajudar;
  • Gerar valor, oferecendo serviços de qualidade e conteúdos relevantes;
  • Ganhar autoridade, demonstrando sua expertise em sua área;
  • Gerar engajamento, aumentando o comprometimento e a interação do seu público;
  • Fidelizar clientes, se mantendo presente no dia a dia das pessoas mesmo após a compra;
  • Automatizar processos, por meio de softwares e plataformas de marketing;
  • Otimizar estratégias, usando dados e análises de alta precisão.

Além de tudo isso, o marketing digital também se destaca por sua flexibilidade, seja em termos de planejamento, seja em termos de execução e investimento.

Muitas das suas atividades são relativamente acessíveis, o que torna o mercado na internet mais democrático e permite que pequenos negócios muitas vezes tenham mais visibilidade do que as grandes marcas.

Quais são as melhores estratégias de marketing digital para potencializar as suas vendas?

Enfim, é hora de conferir como todos esses benefícios são gerados na prática. Veja, a seguir, algumas estratégias de Marketing Digital para aumentar vendas, fortalecer marcas e fidelizar clientes!

Marketing nas redes sociais

Há alguns anos, as grandes mídias definiam o que era discutido nas redes sociais. Hoje, porém, são elas que fazem manchetes todos os dias nos jornais, revistas e canais de notícias. 

É um verdadeiro fenômeno que não apenas mudou a maneira como as pessoas se relacionam, como também a forma com que as marcas e os consumidores se comunicam.

Dia após dia, empresas de todos os tamanhos percebem a importância de interagir nas redes sociais e engajar a sua audiência. 

No entanto, publicar posts e promoções não é o bastante. É preciso interagir ativamente: respondendo comentários, abordando temas de interesse da audiência, realizando enquetes, entre outras ações de relacionamento.

E-mail marketing

Alguns gurus insistem em dizer que o e-mail morreu. Nós insistimos em dizer que ele está vivo como nunca, e a prova é que ele continua sendo utilizado por milhares de empresas e é frequentemente citado por grandes empreendedores.

Mas não se engane, investir em e-mail marketing não é fazer newsletter, muito menos ficar atormentando seus contatos com anúncios constantes. 

Pelo contrário, sua proposta é fortalecer os laços com o seu público, entendê-lo, segmentá-lo e prepará-lo para a compra.

Marketing de relacionamento

O marketing de relacionamento é uma estratégia mais ampla que, inclusive, pode englobar os itens anteriores. 

Seu objetivo é justamente orientar as suas ações de comunicação no sentido de aproximar a sua marca do seu público, aumentando as vendas e as fidelizações.

No âmbito técnico dessa abordagem, temos os CRMs (Gerenciadores de Relacionamento com o Cliente), softwares capazes de analisar e avaliar o comportamento de clientes a partir de registros e interações coletadas em seus canais de comunicação e venda.

O interessante é que, embora o entendimento de relacionamento possa soar como algo relativamente abstrato, esses softwares conseguem separar com bastante precisão as pessoas que estão mais engajadas e propensas a fazer compras daquelas que necessitam de um pouco mais de esforço de marketing para se pronunciarem.

Inbound marketing

Uma estratégia que chama a atenção nos dias de hoje é o inbound marketing, um desdobramento do marketing de conteúdo cujos materiais trabalhados são planejados a partir da definição de um funil de vendas.

Sua ideia consiste em disponibilizar conteúdos relevantes para atrair e conduzir, passo a passo, o consumidor ao longo da sua jornada de compra. Na prática, isso representa uma verdadeira quebra de paradigma.

Diferentemente dos típicos anúncios insistentes, interruptivos e, muitas vezes, invasivos, as empresas passam a atuar como educadoras no seu mercado. 

Isso não só contribui para a autoridade das marcas, como permite que as empresas gerem valor desde o primeiro contato com o público.

A ascensão dessa estratégia se deve ao sucesso dos buscadores, em especial o Google. Atualmente, as pesquisas na web são uma etapa fundamental do processo de descoberta, decisão e compra dos consumidores.

Por isso, os negócios que investem em marketing de conteúdo também devem se preocupar com as famosas práticas de SEO, as otimizações para mecanismos de busca.

Outbound marketing

O outbound marketing é, sem dúvidas, o melhor caminho para as empresas que desejam usar o marketing digital para aumentar as vendas em curto prazo. 

Isso se deve à sua proposta de divulgação pontual e imediata, geralmente conduzida em canais externos, ou seja, em sites, blogs e plataformas de terceiros.

De maneira sucinta, dizemos que o outbound engloba os serviços e as práticas de publicidade da internet, mais especificamente as campanhas patrocinadas no Google Ads, Facebook Ads e outras ferramentas.

Ao contrário do inbound marketing, no qual o público é atraído até o site ou blog da empresa, no outbound marketing são as marcas que vão até o público.

Os anúncios ainda são muito importantes em vários segmentos, principalmente no varejo. 

No entanto, seu uso merece cuidado. Como dito em tópicos anteriores, o consumidor moderno é ansioso e não tem muita paciência para esse tipo de divulgação, o que não significa que ela não funcione, mas que é fundamental trabalhá-la estrategicamente.

Além disso, ao contrário do que muitos acreditam, o inbound e o outbound não são práticas que competem entre si. Elas podem ser trabalhadas de maneira complementar, uma visão comumente tratada pelos profissionais como unbound marketing.

Data-driven marketing

Em rigor, todas as ações de marketing digital podem ser dirigidas a partir de dados, mas quando falamos em data-driven marketing vamos um pouco mais além. 

É essa a inovação por trás dos anúncios e conteúdos recomendados que surgem nos sites e nas redes sociais. Seu princípio se resume ao uso de informações de marketing na operação de algoritmos.

Embora soe como uma tecnologia um tanto “requintada”, ela está cada vez mais presente nos softwares, nas redes sociais, nos sites e, principalmente, nos e-commerces.

A ideia é entender melhor o comportamento dos seus visitantes e fazer com que a sua plataforma se adapte e entregue conteúdos e ofertas de maneira automática e personalizada.

A automação de marketing é um dos grandes diferenciais das plataformas online, e seu uso pode se dar nos mais variados processos e contextos. Naturalmente, quanto mais a sua empresa ganha em eficiência, maior é o retorno sobre seus esforços de divulgação.

Todas essas estratégias são apenas uma amostra das enormes possibilidades que a internet e seus instrumentos podem oferecer. 

Por fim, lembre-se que todos esses benefícios e possibilidades fazem com que cada vez mais empresas utilizem o marketing digital para aumentar as vendas e fortalecer as suas marcas. 

Esse também é um bom motivo para investir em sua presença online.

Este conteúdo fica por aqui, mas ainda temos muito material para você. Confira agora o nosso post sobre Instagram Shopping e aprenda a criar uma loja virtual dentro da rede social do momento!

Conteúdo produzido pela Rock Content.

Deixe seu comentário