7 maneiras de garantir a segurança dos dados no atendimento

Para garantir a seguranças dos dados no atendimento, sua empresa precisa promover a confidencialidade de informações sigilosas. Para isso, controle o acesso; crie normas de confidencialidade; adote os equipamentos adequados; treine sua equipe; use a tecnologia a seu favor; invista em backups e acompanhe as tendências.

segurança dos dados

Um dos mais importantes passos para um ótimo atendimento ao cliente está na segurança dos dados de uma companhia. Essa estratégia evita o vazamento de dados e promove a confidencialidade de informações sigilosas.

Nesse contexto, as empresas de sucesso conhecem a proteção de informações e sabem da importância dessa prática para a manutenção de uma imagem positiva no mercado. Por isso, se você ainda não investe nesse resguardo, está na hora de levar em consideração e colocar em prática.

Quer saber quais são as principais maneiras de assegurar a segurança dos dados no atendimento da sua empresa? Então prossiga com a leitura e confira as 7 dicas que separamos para você neste conteúdo!

Faça um diagnóstico grátis da sua gestão de atendimento e garanta a segurança dos dados.

1. Controle o acesso

Para garantir a seguridade de dados de atendimento em sua empresa, uma das maneiras mais simples é por meio do controle de acesso. Esse método permite a um determinado colaborador a permissão para utilizar informações que dizem respeito somente ao seu setor.

Porém, por que isso é necessário? Pois um dos erros mais recorrentes em uma organização acontece quando alguém exclui um dado importante por julgar que aquilo não seria relevante. Aqui, vale ressaltar que quanto menos pessoas tiverem acesso a determinados materiais, maior será a efetividade nessa preservação.

2. Crie normas de confidencialidade

No relacionamento entre uma empresa e um cliente, existe uma vasta troca de informações. Nesse sentido, como mais uma alternativa para reforçar a proteção desses dados, você tem a oportunidade de criar normas de confidencialidade.

Essas normas são determinações, técnicas e práticas para evitar que os próprios colaboradores cometam vazamento de dados. Confira algumas sugestões na lista abaixo.

  • Bloqueie, nos computadores, a função que copia arquivos;
  • Elabore contratos com políticas de confidencialidade;
  • Restrinja o uso de dispositivos móveis.

Dessa maneira, com um regulamento eficiente para a manutenção do sigilo, você correrá menos riscos de sofrer com a disseminação indevida de elementos relevantes do seu negócio.

3. Adote os equipamentos adequados para segurança dos dados

No ambiente de trabalho da sua organização, não vale a pena economizar. Isso porque, tanto em nossa vida pessoal como cotidiana, percebemos o quanto o barato pode sair caro. Invista em equipamentos de qualidade, que auxiliem na segurança da informação no atendimento.

Antes das dicas, é importante ressaltar que danos físicos também são capazes de prejudicar servidores e, por esse motivo, tudo precisa estar em perfeita ordem na sua empresa.

Para realizar essa tarefa com sucesso, certifique-se de controlar a temperatura do local, adotar soluções contra furtos e investir em bons computadores. Afinal, em pleno 2019, nenhum empresário quer ter dores de cabeça com problemas como vírus ou panes elétricas.

4. Treine a sua equipe em segurança dos dados

Principalmente em questões que envolvem a tecnologia, algumas proposições das suas normas de segurança possivelmente não ficarão claras para o seu time. Por essa razão, é indispensável investir em treinamentos, workshops e palestras sobre o tema.

Nessa lógica, a capacitação também é eficiente para formar uma uniformização de métodos. Além disso, orienta os colaboradores a não buscarem outros métodos de acesso que possam ser comprometedores à segurança de dados.

Dessa forma, você vai evitar confusões, falhas e dúvidas na implementação da sua política de proteção. Assim, a sua companhia será cada vez mais produtiva e segura.

5. Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia é uma grande aliada da maioria dos empreendedores que prezam pela segurança dos dados. Como exemplo, muitas empresas utilizam um software de dados para auxiliar nessa proteção. Essas ferramentas contam com funcionalidades de controle digital, tais como:

  • Criptografia, que torna informações ilegíveis para pessoas que não devem ter acesso;
  • Assinatura digital, para validar digitalmente os dados;
  • Hashing, responsável pela checagem de arquivos;
  • Certificações, que atestam a validade de algum documento.

Apesar disso, você deve se atentar para não cometer erros básicos, como a utilização de senhas muito simples ou a aquisição de softwares desconhecidos no mercado.

[Ferramenta] Comparação de preços
Compare o Movidesk com outras ferramentas e descubra por que somos a plataforma mais completa do mercado!

Jogada de craque

6. Invista em backups

O backup é a melhor opção para garantir a proteção de dados em uma organização. Esse armazenamento é feito em nuvem e protege a empresa de uma eventual perda de informações relevantes.

Além disso, é importante considerar a possibilidade de que o seu negócio está sujeito a invasões, riscos internos e falhas no sistema. Portanto, programe o seu sistema para a realização de backups diários e automáticos, até mesmo para que nenhum colaborador precise se afastar de suas atividades para executar essa tarefa.

Enfatizamos que o backup em nuvem é a melhor opção por ser mais seguro que o físico e de melhor gerenciamento. Além do mais, é uma ótima alternativa para a redução de custos e ainda permite que você armazene um grande volume de dados.

7. Acompanhe as tendências de segurança dos dados

Estar atento à concorrência e às novidades de mercado é indispensável para a sobrevivência e, mais que isso, para o sucesso de uma empresa no mercado. Por isso, pesquise e busque sempre por novos mecanismos de proteção.

Caso você esteja se perguntando por que deve acompanhar as tendências, a resposta é simples: além das inovações criadas todos os dias por empresas do ramo, infelizmente, os especialistas em crimes pela internet também são ávidos e buscam a todo instante maneiras de burlar essas soluções.

Assim sendo, certifique-se de acompanhar a velocidade desse mercado com o intuito de manter o seu negócio sempre protegido e sigiloso nos processos e tratamento com o cliente.

Por fim, ressaltamos que não aplicar esforços na melhoria da segurança dos dados pode custar muito caro para uma marca. Em primeiro lugar, porque, se houver inviabilização de acesso às métricas por algum motivo, a sua empresa perderá tempo na resolução de problemas.

Em segundo, qualquer dificuldade que o negócio enfrentar nesse setor ocasionará em perda de credibilidade. Por fim, em caso de vazamentos de informações de clientes, uma organização pode sofrer processos judiciais e ter sua imagem desgastada no mercado.

Este artigo com as principais dicas para garantir a segurança dos dados foi relevante para você? Caso a resposta seja sim, confira também o nosso conteúdo sobre os principais erros no atendimento ao cliente.

Clique aqui para melhorar o relacionamento com o seu cliente