SEO e experiência do usuário: qual a importância?

O SEO é capaz de melhorar a visibilidade do seu site, fortalecer a sua marca, ajudar na mensuração de resultados e, ainda, elevar a qualidade da experiência do usuário. Saiba mais!

SEO e experiência do usuário

Você já sabe que o SEO é importante para a experiência do usuário no seu site. Porém, não devemos ficar presos apenas no SEO como uma forma de aparecermos nos melhores resultados das pesquisas.

De forma geral, o SEO é muito mais complexo e interessante que isso. Seria um erro de nossa parte se pensarmos em desenvolver sites, artigos, estratégias ou qualquer outra coisa pensando apenas em agradar ao Google.

Se pensarmos apenas dessa maneira, estaremos ignorando uma das coisas mais importantes do mundo: os nossos usuários. Além disso, estaríamos criando apenas conteúdos específicos para os mecanismos de buscas, e não conteúdos para as pessoas.

O Google começou a perceber que a maioria dos sites estava criando conteúdos apenas para agradá-lo. Portanto, ele viu a necessidade de melhorar a experiência dos usuários como um dos fatores de relevância.

Dessa forma, o seu site precisa agradar ao máximo as pessoas que o acessam, facilitando a navegação e transformando a experiência de cada usuário na mais agradável possível. Assim, além ter um site muito bem estruturado e otimizado, você acaba ganhando pontos dos mecanismos de buscas e dos usuários.

A usabilidade na experiência do usuário

A usabilidade é um dos fatores mais relevantes para os usuários, pois não é fácil acessar aquele site lindo e maravilhoso e cheio de movimentos em um celular com uma tela pequena. São nesses momentos que a usabilidade faz toda a diferença.

Nem tudo se encaixa perfeitamente. A tela, os botões, textos, imagens e outros elementos precisam ser pensados para facilitar a navegação das pessoas. Clicar com o mouse é uma coisa, mas clicar utilizando o dedo pelo seu smartphone é outra coisa muito diferente.

Por isso, cada elemento deve ser colocado em harmonia, de fácil visualização, no tamanho perfeito para ser acessado. Essas coisas podem ser consideradas chatas e muitas vezes bobas, mas fazem muita diferença na experiência do usuário.

As redes sociais melhoram a experiência do usuário?

Não podemos negar, as redes sociais são importantes para todos. Porém, muitas empresas não sabem do potencial que elas têm. Ter um perfil muito bem elaborado pode atrair muitas visitas para o seu site.

Portanto, as redes sociais acabam ajudando o SEO do seu site, melhorando o seu posicionamento com o passar do tempo. Mas, é importante ressaltar que essa melhora vai depender muito de cada tipo de perfil, ok?

1. Melhora a visibilidade

Com o compartilhamento de artigos nas redes sociais, acaba ficando ainda mais fácil atrair leitores para o site. Dessa forma, as redes sociais conseguem nos fornecer uma melhora de visibilidade, permitindo que que mais pessoas conheçam e falem da nossa marca.

O compartilhamento de artigos valiosos acaba “ajudando” o SEO do seu site, tanto na experiência do usuário, quanto na taxa de rejeição, que é uma métrica utilizada para analisar se ele entra e sai do site ou navega em outras páginas.

Não basta apenas postar nas redes sociais e esperar, imaginando que milhões de pessoas entrarão em seu site para ler o artigo. Não é bem assim que funciona, ainda mais se o perfil que está postando não tem muitos seguidores. Por isso, incentive o compartilhamento e interaja com as pessoas! Pequenos detalhes fazem muita diferença.

2. Fortalecimento da marca

O fortalecimento da marca é algo que precisa ser conquistado todos os dias. Muitas pessoas pensam que em pouco tempo já terão sua marca memorizada na cabeça das pessoas. É claro que isso seria uma maravilha, mas não é tão simples assim.

Para diminuir esse tempo, a sua empresa precisa estar presente em todas as redes sociais, postando conteúdos relevantes, tirando dúvidas e resolvendo problemas. Isso também é experiência do usuário! Lembre-se de que as pessoas precisam gostar dos conteúdos para poder memorizar a sua marca.

3. Mensurar os resultados

Tanto para o SEO, quanto para qualquer outra coisa, mensurar os resultados é uma ótima maneira de saber se você está caminhando para o lugar certo.

Qualquer ação de marketing digital acaba gerando muitos dados, porém, precisamos saber quais deles devemos mensurar e quais não precisam de tanta atenção. Isso não quer dizer que alguns dados não sejam importantes – eles apenas não estarão em nossa lista de prioridades em um primeiro momento.

As métricas que mais precisamos ficar de olho são:

  • Quantidade de tráfego do site;
  • Quais são os lugares que mais trazem pessoas ao site;
  • Quais os artigos que geraram compartilhamentos;
  • Quantidade de cliques nas postagens das redes sociais;
  • Páginas mais acessadas do site;
  • Pesquisa constante de posicionamento nos resultados de pesquisa.

Lógico que você precisa analisar se a sua empresa ou estratégia vai precisar olhar mais para algumas métricas do que para outras. Tudo isso irá depender de cada objetivo.

4. Identificação 

A identificação é muito importante, ainda mais no mundo digital. Imagina só: a sua empresa faz uma campanha para levar informações para os usuários, impulsionando um artigo em várias redes sociais. Para identificar melhor os resultados, é importante a utilização de TAGs. Dessa forma, ficará mais fácil analisar as métricas no Google Analytics.

SEO, conteúdo e experiência do usuário

O conteúdo é um dos maiores fatores para deixar o seu site na primeira página do Google. Mas, para isso, você precisa investir e analisar quais são os melhores temas para os seus artigos.

Esses artigos precisam ser desenvolvidos para resolver as dúvidas que as pessoas têm sobre os seus produtos ou serviços, lembrando sempre de respeitar o mesmo segmento.

Para desenvolver o melhor artigo para o seu site, não esqueça de aplicar as técnicas de SEO, respeitando a experiência do usuário. Veja algumas regras simples:

  • Utilize negrito sempre que possível para facilitar a identificação de algo importante para o usuário;
  • Escreva parágrafos de 3 a 4 linhas para não deixar o leitor cansado;
  • Utilize subtítulos e subtópicos;
  • Utilize imagens sempre que possível para ajudar o usuário a identificar o artigo;
  • Inclua linhas e tabelas para ajudar a identificação.

Os detalhes fazem toda a diferença, tanto para oferecer a melhor experiência ao usuário, quanto para conquistar as melhores posições nos resultados de pesquisas. Quanto mais você parar para analisar as diferenças e melhorá-las, mais as pessoas gostarão e recomendarão a sua marca!

Deixe seu comentário