O que é uma scale up e quais são seus diferenciais? Saiba aqui!

O termo scale up vem do inglês e, em tradução livre, significa "crescimento acelerado". Uma empresa pode ser considerada scale up se ela cresce cerca de 20% ao ano, por três anos consecutivos. Conheça os diferenciais desse tipo de negócio!

scale up

No mundo dos negócios, algumas empresas conseguem sobreviver, e outras não. Das que sobrevivem, algumas têm um crescimento acelerado e conseguem sustentá-lo por longos anos. São chamadas de scale up, ou empresas de alto crescimento.

Existem algumas diferenças da scale up para os negócios tradicionais, sendo a inovação uma das mais importantes, pois essas empresas costumam estar na vanguarda do mercado. Ainda, é apropriado mencionar o foco na satisfação do cliente, uma estratégia Customer Centric.

Nos tópicos seguintes, explicamos o que é uma empresa scale up, quais seus diferenciais e como se tornar esse tipo de empresa. Continue a leitura e saiba mais!

Veja um raio-x do setor de TI brasileiro!

Afinal, o que é uma scale up?

O termo scale up vem do inglês e, em tradução livre, significa algo do tipo “crescimento acelerado”. Uma empresa pode ser considerada scale up se ela cresce cerca de 20% ao ano, por três anos consecutivos. Ou seja, não é qualquer tipo de empresa que se enquadra nessa categoria.

Como esse crescimento é mensurado? Há diferentes formas e geralmente isso é feito por meio do número de funcionários ou considerando o faturamento do exercício.

Um problema recorrente é confundir scale up com startups. São coisas diferentes! Nem toda startup (empresa jovem com modelo de negócios inovador) é uma scale up, pois não cresce significativamente. No entanto, muitas das scale ups são, sim, startups.

Outro problema é pensar que empresas grandes e maduras, já estabelecidas no mercado, não podem ser denominadas de scale ups. Não é correto. Muitas empresas maduras podem experimentar um crescimento significativo, igual ou superior a 20% ao ano.

Portanto, lembre-se sempre: o termo scale up não está ligado ao tipo, à idade ou ao tamanho da empresa, mas à sua taxa de crescimento anual, que deve ser alta e consistente.

Quais os diferenciais de uma empresa scale up?

As scale ups se diferenciam de outras empresas especialmente pela taxa de crescimento. Não é qualquer empresa que cresce tanto assim. No entanto, se você olhar com mais atenção, vai encontrar outras diferenças. Destacamos as principais nos tópicos seguintes.

Investimento contínuo em inovação

Uma das principais diferenças está no investimento em inovação. Empresas de alto crescimento sabem que precisam sair do óbvio, oferecer algo a mais que seus atuais competidores. Dessa maneira, conseguem se sobressair no mercado.

Esse investimento não pode ser inconsistente, ou seja, acontecer em um mês e em outro não. Ele deve ser perene! Empresas scale up investem consistentemente em pesquisa e desenvolvimento (P&D) de novos produtos, bem como na reconfiguração do seu modelo de negócios.

Time de profissionais talentosos e engajados

Uma empresa não existe por si só. Ela conta com dezenas, centenas ou até milhares de talentos que “tocam” os processos diários e permitem que os resultados desejados sejam alcançados. Nesse aspecto, outro grande diferencial está no time talentoso.

Empresas scale up concentram-se em contratar profissionais realmente talentosos e formar times alinhados aos valores da empresa. Sem pessoas qualificadas e dedicadas, seria difícil entregar resultados que realmente surpreendam e crescer de forma consistente.

Baixe agora o guia: do recrutamento ao onboarding.

Cultura organizacional Customer Centric

Você já deve ter ouvido falar em cultura Customer Centric, não é mesmo? Refere-se ao tipo de cultura focada no cliente, colocando-o no centro da tomada de decisões. Assim, antes de qualquer escolha, o proprietário e os demais líderes pensam no cliente.

Empresas scale up costumam contar com esse tipo de cultura organizacional. O cliente é o centro e tudo é feito pensando nele. É exatamente por isso que essas empresas conseguem construir — e vender — produtos que são realmente amados e desejados.

Monitoramento dos resultados

Outro ponto importante é o monitoramento dos resultados. Empresas de alto crescimento costumam estar sempre de olho nos seus indicadores e nas métricas de desempenho, avaliando o que está de acordo com o desejado e o que precisa de ajustes pontuais.

Quais indicadores são esses? Depende muito da estratégia e da cultura de cada scale up. No entanto, os indicadores ligados aos clientes, por exemplo, são quase obrigatórios. Também há indicadores ligados a processos, produtos e resultados financeiros, compondo a diversidade de indicadores monitorados.

Equilíbrio entre o curto e o longo prazo

No mundo dos negócios, uma grande dicotomia é entre o curto e o longo prazo. É preciso pensar no hoje, na geração de caixa e no lucro, mas sem esquecer dos resultados futuros (horizonte de cinco ou 10 anos). Se não houver uma boa harmonia, em algum momento, a empresa falha.

O interessante é que empresas scale up são capazes de lidar muito bem com essa dicotomia. Elas constroem uma base sólida para o futuro, mas experimentam resultados significativos hoje. Dessa forma, conseguem experimentar o “melhor dos dois mundos”.

Como se tornar uma empresa scale up?

Até aqui, você entendeu o que é uma scale up e quais seus diferenciais. Não são empresas comuns, pois crescem de forma vigorosa e sustentável ao longo dos anos. Como, então, se tornar uma scale up? Oferecemos três dicas, adiante.

Busque um oceano azul para chamar de seu

Em mercados altamente competitivos (chamados de oceanos vermelhos), é difícil experimentar um crescimento alto e sustentável. O motivo para isso é bem claro: há dezenas ou até centenas de outras empresas que fazem a mesma coisa.

Exatamente por isso, é interessante buscar por mercados menos competitivos ou até mesmo inexistentes. A estratégia do oceano azul, que objetiva o desenvolvimento de novos produtos e/ou modelos de negócios, se enquadra muito bem aqui.

Tenha objetivos ousados para o futuro

Outro ponto importante é mirar alto. Se você conta com metas e objetivos conservadores, provavelmente terá resultados desse tipo (o que não é ruim, só que não torna sua empresa uma scale up). Nesse caso, o ideal é definir objetivos ousados para o futuro.

Um exemplo é “dobrar minha participação de mercado no próximo ano” ou “encontrar um oceano azul nos próximos seis meses”. Obviamente, não são coisas fáceis. Se fossem, todos fariam e seriam scale up. Logo, é preciso ter esforço, alinhamento e consistência.

Aposte na transformação digital

Parece encantador crescer vertiginosamente, mas nem tudo é um mar de rosas. Com o crescimento, vêm demandas adicionais, além de mais processos, empregados, clientes, impostos e burocracia. Há mais de tudo — e você precisa lidar muito bem com isso.

Portanto, o mais recomendado é a aposta na transformação digital. Boas tecnologias, do tipo sistemas de help desk ou service desk, tornam os processos diários mais fluidos e até automatizam tarefas básicas. Assim, todos podem focar no que é estratégico.

Veja, agora você está por dentro do assunto. Lembre-se de que scale up não tem a ver com o tamanho da empresa, mas com sua taxa de crescimento ao longo dos anos. Pode até ser encantador falar em scale up, mas existem muitos desafios associados. Portanto, é preciso apostar em boas práticas de gestão e adotar tecnologias que facilitem o trabalho.

Gostou do nosso artigo? Aproveite para ficar sempre por dentro das nossas novidades e aprender mais conosco. É só curtir nossa página no Facebook. Vamos lá!

Teste grátis agora!

Deixe seu comentário