Gestão de startups: 6 dicas para melhorar, agilizar e modernizar o gerenciamento da sua empresa

A gestão de startups é diferente da estão de modelos mais tradicionais de empresa, com foco mais disruptivo, inovador e extremamente ágil. Este modelo atua com transparência, squads e metodologias ágeis. Aprenda a trabalhar com estas ferramentas em nosso post.

gestão de startups

A gestão de startups trouxe inovações e soluções mais ágeis e objetivas, inclusive como inspiração para empresas tradicionais do mercado.

Você, com toda certeza, tem notado o quanto o termo startup tem aparecido no nosso dia a dia. São tantas ideias inovadoras, notícias, números espetaculares e investimentos que muita gente tem se perguntado o que essas empresas têm?

  • 12.815 startups no Brasil;
  • Startups com valor de mercado superior a 1 bilhão de dólares, como PagSeguro e Nubank;
  • Crescimento em época de crise;
  • Alta movimentação de investimentos, tanto compartilhados, como através de investidores-anjo.

Imagina como tudo isso é possível com: metodologias disruptivas, baixo orçamento e pequenas equipes?

Pois é, só uma gestão extremamente eficiente e muita visão estratégica para fazer com que esse combo gere um crescimento tão acelerado quanto as startups anunciam, certo?

Neste artigo vamos conhecer como funciona a gestão de startups, quais dicas as grandes empresas podem oferecer e algumas das metodologias mais utilizadas neste mercado. Ah! E as dicas não valem apenas para startups, a ideia é que todas as empresas consigam desvendar os mistérios deste crescimento tão rápido!

Baixe agora o e-book Raio-X do setor de TI brasileiro.

Gestão de Startups

Você vai notar, no decorrer deste artigo, que a gestão de startups é completamente diferente dos modelos tradicionais. Afinal, estes empresas são disruptivas, inovadoras e extremamente ágeis. 

Esse movimento permanente sem acomodação é uma ótima alavanca para o desenvolvimento de soluções cada vez mais eficientes e efetivas. Mas também sinaliza ao mercado uma forma de gerenciamento extremamente arriscada.

Não é à toa que 90% das startups não dão certo e os investidores deste setor têm completa noção desse fato. Mas, também aprenderam com a prática que estes 10% que “dão certo”, apresentam um retorno capaz de cobrir a perda com as demais e gerar mais uma rodada de investimentos altos.

Ou seja, é um mercado que pode ensinar muito, mas também deve amadurecer e se consolidar nos próximos anos, ou décadas. 

Você também vai gostar: Conheça nosso manual para ter uma boa gestão de mudanças na empresa!

Dicas sobre gerenciamento das grandes startups

[eBook] Como escolher o Help Desk Ideal

Help Desk Ideal

Full Transparency

Como o próprio termo adianta, essa estratégia é baseada na transparência total, tanto externa, quanto (e principalmente) interna. A ideia é que todos os colaboradores saibam exatamente o que ocorre na empresa, em todos os setores, etapas e processos.

A gestão de startups procura ser o mais transparente possível, informando sobre metas, resultados e decisões, para que todos os colaboradores estejam cientes para onde estão navegando. E, claro, qual a velocidade e em qual ponto estão.

Isso não apenas é um sinal de inclusão, mas também uma ótima estratégia para alinhar expectativas e comportamentos. A full transparency incentiva cada colaborador a remar com mais afinco, aumentando a sua produtividade, sensação de pertencimento e melhorando a experiência do colaborador.

Squads

Se você tem uma startup, ou faz parte de uma, já deve ter presenciado momentos-polvo. Aquele momento em que parece que todos são multi funções e estão produzindo ao mesmo tempo. Bom, não é apenas impressão.

Uma dica muito utilizada pelos unicórnios do mercado de startups é montar esquadrões. Ou seja, grupos com habilidades específicas que trabalham separadamente para atingir um objetivo em comum de forma mais rápida. 

Como cada squad foca em uma determinada missão, seja ela um problema, ou a criação de um novo sistema, a cooperação e o envolvimento trazem o espírito de agilidade para toda equipe.

E, falando nisso…

Metodologias Ágeis

A agilidade é palavra de ordem na gestão de startup, como você já deve ter notado. Quando se tem uma pequena equipe e a empresa acabou de nascer com muita paixão e ideias extremamente inovadoras, a agilidade não é o problema.

Mas, quando uma startup começa a crescer, começam também alguns problemas, como você vai notar em muitos tópicos por aqui. Neste momento, é necessário, portanto, implantar metodologias ágeis de gestão de startups.

A ideia destas metodologias são baseadas nos valores do Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software e incluem um conjunto de métodos e práticas. Dentre eles o já conhecido Scrum, mas também:

  • DSDM;
  • Crystal;
  • Adaptive Software Development;
  • Pragmatic Programming;
  • Entre outros.

A ideia principal é diminuir burocracias, agilizar processos e trabalhar com ferramentas mais “leves”. 

Quer entender melhor sobre o Manifesto para Desenvolvimento Ágil de Software? Mande uma mensagem que faremos um conteúdo exclusivo sobre o assunto!

Urgência de movimento

A urgência de movimento é praticamente um sinônimo de gestão de startups, não podíamos esperar menos de empresas que surgem com a base enraizada na tecnologia. Desta forma, é tudo extremamente veloz, tanto nas ações, quanto no cotidiano da empresa.

Sabe o planejamento, testes, análises e infinitas avaliações antes de colocar qualquer estratégia em prática? Isso definitivamente não existe na gestão de startups. Todas as funções são realizadas ao mesmo tempo, o planejamento, criação, testes. 

Investimento anjo

Outro diferencial da gestão de startups é o investidor-anjo. Você já deve ter escutado esse nome por aí. Neste tipo de investimento a pessoa não entre apenas com o capital financeiro, mas também com o conhecimento. 

Olha essa breve explicação sobre o que é o investidor-anjo:

Este modelo de investimento permite o compartilhamento de conhecimento e uma participação mais ativa do investidor. Ou seja, você recebe o capital e uma mentoria para auxiliar na construção de um bom gerenciamento.

Este norte é extremamente importante para empresas recém-criadas. Afinal, uma ideia inovadora precisa de um bom gerenciamento para sustentar a empresa, seus colaboradores, controlar e monitorar planos e metas.

Integração!

Se falamos que a agilidade é a palavra de ordem, a integração é a responsável para que isso seja possível no dia a dia da startup. Você já deve ter notado que o time de colaboradores deste nicho de empresas é sempre muito compacto.

A ideia por trás disso é que quanto maior o squad, menos integrado ele é, mais falhas na comunicação interna nas organizações e maior probabilidade de pessoas fora da cultura organizacional da empresa.

Isso tudo afeta negativamente a missão de agilidade e produtividade. Não à toa que o Spotify teve inúmeros problemas quando começou a crescer vertiginosamente. A ponto da gigante do streaming de música, podcast e vídeos subdividir a empresas em tantas outras menores.

Desta forma cada uma dessas pequenas empresas poderiam trabalhar em projetos específicos, criar, testar e desenvolver suas funções com autonomia e agilidade. Mantendo, assim, o crescimento, mas sem diminuir a agilidade. 

Leia mais: Conheça os principais problemas causados pela falta de comunicação interna.

A automação e ferramentas tecnológicas que integram setores, filiais, colaboradores e equipes são indispensáveis na gestão de startups! E você? Já tem a melhor solução para a sua empresa?

Não? Então, você precisa conhecer o software da Movidesk!

Movidesk

Conheça algumas de nossas funcionalidades:

  • Centralize e publique documentos técnicos, tutoriais do seu produto, respostas para as dúvidas mais frequentes e melhore a experiência de autoatendimento do cliente;
  • Permita que os seus clientes consultem facilmente o andamento de todos os tickets, criem novas solicitações de atendimento e acessem a base de conhecimento sempre que quiserem. Tudo isso online;
  • Disponibilize formulários de contato em inúmeros lugares, como em seu site, base de conhecimento ou portal de atendimento;
  • Facilite o entendimento dos agentes através de solicitações personalizadas e diminua o seu tempo de resposta.

Essas funcionalidades, e tantas outras do nosso sistema, trarão qualidade para o atendimento ao cliente. E, portanto, permitirão criar estratégias para o desenvolvimento de um atendimento de excelência.

Gostou das nossas dicas sobre gestão de startups? Então, compartilhe com os seus amigos e divida esse conhecimento.

Ah! Quer conhecer mais sobre o Movidesk? Então, agende uma demonstração agora mesmo. E não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber as novidades do mercado.

Clique aqui e descubra a ferramenta ideal para potencializar as suas métricas de atendimento.

Deixe seu comentário