Por que devo investir na experiência do colaborador da minha empresa?

Quando você desenvolve um plano para melhorar a experiência do colaborador, as chances de retenção dos profissionais são muito maiores. Além disso, quanto maior a rotatividade, maiores também são os gastos com demissões, novas contratações e treinamentos.

experiência do colaborador

Podemos definir a experiência do colaborador como um conjunto de fatores que influenciam direta e indiretamente na rotina de trabalho de um colaborador de uma empresa. Em inglês, o conceito é conhecido como employee experience, e está sendo bastante debatido atualmente.

A preocupação por essa metodologia está muito ligada à busca do sucesso de um negócio. Hoje, especialistas entendem que quanto melhor o colaborador se sentir no seu trabalho diário, maiores são as chances de a empresa alcançar os seus objetivos.

Se você ainda tem dúvidas sobre a importância de oferecer uma experiência diferenciada ao seu colaborador, continue lendo e confira algumas ótimas razões para acabar de vez com essas incertezas.

Torne-se um especialista em Customer Experience! Clique aqui.

Diminuição da taxa de rotatividade de colaboradores

A cada nova geração, as pessoas se apegam menos aos seus empregos. A Geração Z (grupo de pessoas nascidas após 1996) é um ótimo exemplo, com muito mais profissionais buscando maior qualidade de vida do que propriamente empregos fixos.

Por mais que o mercado de trabalho esteja inflado, nem sempre é fácil encontrar mão de obra qualificada e engajada com os objetivos da instituição. Ou seja, o melhor caminho é a retenção de talentos.

Quando você desenvolve um plano para melhorar a experiência do colaborador, as chances de manutenção dos profissionais são muito maiores. Além disso, quanto maior a rotatividade, maiores também são os gastos com demissões, novas contratações e treinamentos — ainda podemos adicionar o tempo de adaptação dos novos trabalhadores.

Melhoria do ambiente corporativo para a experiência do colaborador

A maioria das pessoas passa mais tempo no trabalho do que em casa. Pelo menos, de maneira ativa, tendo em vista que, na parte da noite, passamos o maior tempo dormindo.

Isso significa que é o no local de trabalho que desenvolvemos e explorando muitos sentimentos, por exemplo:

  • pertencimento;
  • frustração;
  • realização;
  • tristeza;
  • alegria.

Quanto melhor o clima na empresa, maiores são as chances de os sentimentos positivos sobressaírem. E um cenário construtivo é um grande diferencial para o aumento da produtividade diária.

Sem um ambiente corporativo saudável, nenhum colaborador se sente motivado o suficiente para atingir as metas necessárias para o crescimento da empresa. Ou seja, não se trata de um diferencial, mas sim de algo essencial para o sucesso do negócio.

Melhor desempenho e engajamento dos profissionais

É comum conhecermos uma ou mais pessoas que estão desmotivadas com os seus empregos, que acordam todos os dias para trabalhar apenas por necessidade ou para “cumprir tabela” — se a empresa não demite, eles seguem do mesmo jeito.

Esse tipo de situação não é benéfico para nenhum dos lados, certo? E para a empresa, em particular, representa um grande risco no seu desenvolvimento como marca. Com uma equipe desanimada, é quase impossível aproveitar as oportunidades de negócio que surgem no mercado.

Porém, a situação muda quando você passa a se preocupar com a experiência do colaborador. Quando há um trabalho para a melhoria da rotina, os profissionais tendem a se engajar mais com a empresa.

É importante colher o feedback das equipes para entender os pontos que estão causando desmotivação na maioria e como o gestor pode intervir em cada situação. A opinião dos colaboradores é essencial para conhecer suas expectativas perante a empresa e suas próprias carreiras profissionais.

[eBook] Boas práticas de atendimento: como encantar o cliente moderno?

Boas práticas de atendimento

Aumento da produtividade geral

Essa é uma consequência óbvia, tendo em vista que quando a empresa cuida dos seus profissionais, eles tendem a ser recíprocos demonstrando maior produtividade.

Ao não abordar a experiência do colaborador, uma empresa está cometendo um grande erro, pois ela deixa de se envolver com o seu profissional de maneira ativa e real.

Grandes marcas de diferentes setores começaram a produzir muito mais quando passaram a investir na qualidade do trabalho dos seus colaboradores. Quando questões como plano de carreira e clima organizacional passaram a ser prioridade para as gestões, o desempenho dos colaboradores correspondeu à altura.

Desenvolvimento da empresa

O desenvolvimento da empresa acontece de forma mais natural quando há uma participação direta de colaboradores e gestores.

No fim, ainda que bons planos sejam desenvolvidos e grandes tecnologias implementadas, não há crescimento de fato sem o empenho dos colaboradores. Eles estão na linha de frente, em contato com clientes e fornecedores.

Ao trabalhar a experiência do colaborador na sua empresa, você possibilita que os profissionais desenvolvam a inteligência emocional com mais facilidade. Assim, tornam-se mais conscientes de suas próprias reações, controlando-as em quaisquer situações, sejam de tranquilidade, sejam de alta pressão.

Esse tipo de colaborador consegue se envolver mais com a empresa, além de ser mais presente e produtivo. Essa sintonia é repassada no atendimento ao cliente, com o colaborador se mostrando mais apto a atender às necessidades e solicitações do usuário.

Isso reflete não só no crescimento financeiro do negócio, mas também na sua reputação — fator de suma importância em uma época de redes sociais.

Satisfação do colaborador

Por fim, e de maneira óbvia, é possível afirmar que a experiência do colaborador resulta diretamente em uma maior satisfação. E diante de todas as razões já apresentadas, fica claro que ter um colaborador satisfeito é extremamente vantajoso.

Além dos pontos práticos, investir na experiência do colaborador ajuda a transformar a cultura da empresa, um ponto essencial para a estabilidade de qualquer negócio.

A cultura é a personalidade e a alma da empresa. Então, quando ela se desenvolve por meio de um conceito tão positivo quanto a experiência do colaborador, a organização ganha mais respaldo, segurança e alta performance.

No passado, o entendimento sobre o colaborador ser parte importante no sucesso de uma empresa era raso e pouco explorado por muitos proprietários. Porém, hoje, os empresários sabem que manter uma equipe motivada é um grande diferencial e uma fortíssima vantagem competitiva.

A experiência do colaborador é vital para a construção de um caminho sólido para uma empresa. Em sintonia, gerência e colaboradores conseguem alcançar os objetivos mais facilmente. Para facilitar, invista em tecnologias que melhorem a comunicação interna, otimizando o feedback e a automatizando as tarefas do dia a dia.

Gostou de conhecer a importância da experiência do colaborador? Então, que tal agora conferir algumas dicas de como melhorar seus processos internos?

Teste grátis e apaixone-se pelo sistema de atendimento que vai mudar a sua vida.