Conheça os principais problemas causados pela falta de comunicação interna

Os principais problemas causados pela falta de comunicação interna são a ausência de feedbacks, perda de produtividade, diminuição do engajamento, ruídos de comunicação, perda da cultura, aumento de gastos e desconhecimento do público interno. Aprenda a solucionar cada um deles.

falta de comunicação interna

A falta de comunicação interna é, historicamente, um dos principais desafios das empresas. Seja por metodologias de trabalho muito hierárquicas, seja por ausência de estrutura ou de consciência acerca da importância dos processos comunicativos, esse gargalo é a fonte de muitos problemas que se manifestam no ambiente corporativo.

Não é de hoje, aliás, que essa questão é abordada por gestores e por profissionais dos mais distintos segmentos. A comunicação é sempre algo a ser estrategicamente trabalhado para aumentar a produtividade e melhorar o clima no interior das organizações.

E na sua empresa, como está a comunicação interna? Continue a leitura deste artigo e descubra quais são os principais problemas causados por essa ausência de práticas comunicativas!

Baixe agora o e-book Guardiões do Atendimento ao cliente.

Por que a comunicação interna é tão importante?

É algo espantoso, acredite, mas grande parte das empresas no Brasil não conta com setores nem sistemas de comunicação interna. Um levantamento feito pela SocialBase mostra que apenas 35% das organizações têm um departamento de comunicação.

Mas por que isso é tão importante, afinal? A resposta é simples: porque a comunicação é um processo inerente à vida em sociedade e um fator vital para o sucesso no universo corporativo.

Tanto é que já existe, desde a segunda metade do século passado, uma linha de pesquisa acadêmica sobre comunicação interna. Ou seja, estudiosos nacionais e internacionais têm desenvolvido inúmeros estudos, artigos e livros a respeito da relevância dos processos comunicativos no interior das empresas.

Isso significa que existe uma alta demanda por parte das empresas para o desenvolvimento dessa questão. Nós mesmos já postamos aqui no blog um guia definitivo da comunicação interna nas organizações.

Benefícios da comunicação interna

É por meio da comunicação interna, por exemplo, que é possível motivar os colaboradores, melhorar o clima organizacional e delegar tarefas entre os departamentos, bem como manter um fluxo orgânico e saudável de informações a respeito das atividades.

Você já ouviu falar, por exemplo, do endomarketing? Trata-se de uma estratégia de marketing institucional que visa, entre outras coisas, melhorar a imagem do negócio entre os próprios colaboradores. Tem sido uma estratégia adotada por grandes empresas.

Um de seus objetivos é aumentar o engajamento das equipes e diminuir, consequentemente, o chamado turnover — termo em inglês usado para designar a alta rotatividade de profissionais, cujo custo é altíssimo para os cofres dos negócios.

[eBook] Descomplicando o SLA: como implantar esse recurso de forma eficiente

Descomplicando o SLA

Quais os problemas causados pela falta de comunicação interna?

Agora, vamos direto ao ponto e apresentar os principais problemas provenientes da falta de comunicação interna no âmbito das empresas. Confira a seguir!

Ausência de feedbacks

Podemos citar, em primeiro lugar, a ausência de feedbacks. As empresas que não se preocupam com seus processos comunicativos acabam por não dar retornos a respeito do desempenho dos colaboradores — sejam eles positivos, sejam eles negativos.

É importante destacar que os elogios geram a sensação de reconhecimento e valorização nos profissionais, que se sentirão mais confiantes e motivados para produzir mais e melhor. As críticas, por sua vez, se bem elaboradas, podem ter uma função construtiva muito importante. Mas não conceder nenhum feedback passa a sensação de indiferença e ingerência.

Perda de produtividade

Como consequência, a falta de comunicação interna, sobretudo no que diz respeito aos feedbacks, gera perda de produtividade. Mas o que isso significa? Que os colaboradores se sentirão desmotivados, invisíveis, descontentes e, portanto, produzirão menos.

O mais grave é que a motivação e a produtividade andam lado a lado. Essa desmotivação, portanto, afetará o desempenho dele e dos demais. Isso porque as pessoas podem influenciar umas às outras, tanto para o lado positivo quanto para o negativo.

Diminuição do engajamento

Outro resultado da falta de comunicação interna é a diminuição do engajamento entre as equipes. Como vimos, as práticas comunicativas carregam a função de motivar os profissionais, criar vínculos da marca com eles, transmitir metas e comunicar os benefícios que todos têm se a empresa estiver bem como um todo.

Ruídos de comunicação

Além disso, a ausência dessa prática dentro do ambiente pode causar ruídos de comunicação, como propagação de notícias falsas, desinformação, discrepância entre as atividades desenvolvidas e os planos da empresa, entre outros gargalos de diversas naturezas.

Pouca compreensão da cultura e dos objetivos da empresa

Um deles, com certeza, é a pouca compreensão da cultura organizacional por parte dos colaboradores, que engloba a visão, a missão e o posicionamento da empresa. Ou seja, o elo que cria uma sinergia saudável entre todos os departamentos e faz com que todos caminhem para a mesma direção, tendo o mesmo foco.

Devido à falta de comunicação interna, é praticamente impossível conseguir isso, pois inexistem ou se encontram desorganizados os meios para fazer com que a mensagem chegue e circule de modo orgânico e fluído no interior da organização.

Aumento de gastos

Sim, a ausência dos processos de comunicação interna também pode elevar os gastos da empresa. Quer exemplos?

  • solicitação de processos perdidos;
  • informações que se perdem entre os setores;
  • falta de integração entre os processos;
  • ausência de fluxos internos de mensagens automatizadas;
  • informações descentralizadas etc.

Todos esses gargalos podem gerar retrabalhos, atrasos nos prazos, perda de clientes e outras consequências que afetam diretamente os cofres do negócio.

Pouco conhecimento do público interno

Por fim, podemos dizer que a falta de comunicação interna demonstra que a empresa desconhece os seus próprios colaboradores. Isso porque, para se comunicar com qualquer público, é necessário conhecê-lo. Ou seja, compreender suas demandas, suas características e seus desejos para que as mensagens cheguem de modo assertivo.

Como resolver esses problemas?

Existem muitas metodologias para aplicar e desenvolver uma boa comunicação interna na empresa. Independentemente da estratégia você adotará, o fato é que os processos comunicativos podem ser o caminho para evitar a maior parte desses problemas que mencionamos acima.

Uma das formas de resolver a questão da falta de comunicação interna na sua empresa é trabalhar com uma ferramenta de comunicação que centralize as informações do negócio em um só lugar, automatize processos internos entre os departamentos, crie fluxos de mensagens entre os colaboradores e melhore, portanto, o dia a dia das equipes.

Se forem essas as suas necessidades dentro da empresa, é importante buscar no mercado soluções que enfrentem a falta de comunicação interna e melhorem as práticas comunicativas de seu negócio, como o help desk. Os resultados tendem a aparecer no médio e no longo prazo, o que significa que o investimento valerá a pena.

Quer ter acesso a outros conteúdos como este? Siga nossas páginas no Facebook, no LinkedIn, no Youtube e no Instagram e fique por dentro de todas as novidades!

Teste grátis o Movidesk por 7 dias