Diferença entre lucratividade e rentabilidade: o que é cada um e como calcular?

Acompanhar e controlar indicadores financeiros é uma tarefa indispensável para quem deseja crescimento saudável para a empresa. Em um leque de dados e métricas que devem ser acompanhadas está a necessidade de compreender a diferença entre lucratividade e rentabilidade 

É provável que você já tenha ouvido falar sobre esses dois índices tão fundamentais para seu negócio, mas realmente entendeu o que cada uma quer dizer e qual é a importância do conceito de lucratividade e rentabilidade?

É sobre isso que vamos falar neste artigo. Por isso, continue lendo e descubra o que é  lucratividade e rentabilidade e qual é a diferença entre eles. 

Cadastre-se em nossa newsletter e receba gratuitamente os melhores conteúdos sobre atendimento!

Diferença entre lucratividade e rentabilidade

Lucratividade e rentabilidade são dois indicadores financeiros, que avaliam o lucro a partir de diferentes perspectivas. 

O que é rentabilidade?

A rentabilidade é um indicador financeiro que mede o percentual de lucro obtido a partir de um certo investimento. De maneira bem simples, a rentabilidade mede quanto a sua empresa lucrou a partir de um investimento realizado.

Também pode medir a perspectiva de retorno sobre investimento, ajudando assim sua empresa a definir se um determinado investimento vale ou não a pena. 

Em suma, a rentabilidade avalia o quanto a empresa rendeu a partir de um investimento realizado.

O cálculo da rentabilidade, que veremos a seguir, é feito considerando a relação entre o lucro líquido e os investimentos realizados.

É possível avaliar o retorno a partir da soma de todos os investimentos feitos em um determinado período, ou mesmo um cálculo individual para avaliar a efetividade de cada investimento. 

O cálculo da rentabilidade é feito a partir da fórmula:

Rentabilidade (%) = Lucro Líquido / Investimentos x 100 

O que é lucratividade?

Para entender a diferença entre lucratividade e rentabilidade  é preciso então avaliar o outro lado da moeda, entendendo o que é lucratividade e como fazer esse cálculo

O objetivo dessa medida é identificar se a empresa é capaz de cobrir seus custos e gerar uma boa margem de lucro, a partir das vendas que realiza. 

A lucratividade mede o valor que a empresa lucrou em relação a tudo o que recebeu. Ou seja, descontando todos os custos, quanto a empresa ganhou, a partir do montante vendido. 

A lucratividade é a garantia de crescimento da empresa. Você já deve saber que o valor do produto vendido não é todo lucro. 

A lucratividade então mede os ganhos financeiros da empresa comparados ao seu faturamento. Quanto de lucro ela recebeu a partir do montante de vendas realizadas.

O lucro líquido é o valor restante, após a dedução de despesas, impostos e demais custos.

O  cálculo de lucratividade é representado pela seguinte fórmula:

Lucratividade (%) = Lucro líquido / Receita bruta x 100

A receita bruta é a soma de todos os valores recebidos pela empresa, a partir da venda de serviços ou produtos. O lucro líquido é o valor que sobra para a empresa, depois de quitados todos os custos.

A lucratividade é o resultado da relação entre receita e lucro líquido. 

Leia também: 6 dicas práticas para aumentar a receita da empresa

Organizar as solicitações dos clientes parece uma tarefa impossível? Confira este e-book e tenha o controle total do seu atendimento!

Diferença entre lucratividade e rentabilidade 

Entendido o conceito de lucratividade e rentabilidade, é mais simples compreender suas diferenças, afinal, estamos falando de indicadores que buscam avaliar os resultados da empresa a partir de perspectivas diferentes. 

É possível ter uma empresa com alta lucratividade e baixa rentabilidade, por exemplo. Assim como um negócio pode ter alta rentabilidade e baixa lucratividade. 

Avaliar os dois indicadores vai ajudar sua empresa, e sua equipe, a tomar decisões inteligentes sobre otimização de resultados e investimentos.

É mais assertivo propor melhorias, a partir da avaliação de onde está o “problema”. 

A primeira  diferença entre lucratividade e rentabilidade está no fato da lucratividade comparar o lucro da empresa com o faturamento das vendas, ou com a receita do negócio. Já a rentabilidade compara o lucro com os investimentos feitos.

Quando há um problema de lucratividade é provável que as principais falhas da empresa estejam relacionadas a gestão de custos da organização, bem como todo o processo de precificação de produtos e serviços. 

Problemas de rentabilidade, ao contrário, estão relacionados a investimentos pouco eficientes. 

De maneira geral, os dois indicadores usam o lucro líquido da empresa como critério de avaliação para o sucesso da organização, entretanto,  a diferença entre lucratividade e rentabilidade está no que é usado para comparar a efetividade desse “lucro”

Um avalia a relação do lucro líquido com o faturamento das vendas (lucratividade) e o outro avalia o mesmo lucro em comparação com os valores investidos (rentabilidade).

Tenha controle sobre os gastos do seu atendimento e meça o seu retorno sobre investimento com a nossa planilha. Baixe agora!

Dicas de como aumentar o lucro da empresa

Sem dúvidas a busca por melhores resultados de lucro deve ser uma constante, não apenas para o setor financeiro da empresa, mas para todas as áreas do negócio. 

A busca por uma maior geração de lucro faz a empresa crescer e se tornar mais forte competitivamente. 

Entre as práticas de um plano de ação para aumentar a lucratividade da organização estão:

  1. Faça a gestão e controle de despesas da empresa, buscando eliminar custos e investimentos que não trazem retorno adequado à organização;
  2. Invista em estratégias de retenção de clientes,afinal, é mais barato manter clientes do que conquistar novos consumidores para sua empresa;
  3. Aposte na tecnologia para tornar os processos mais eficientes, aumentar a produtividade da equipe e acompanhar os resultados de cada investimento realizado;
  4. Faça uma revisão da precificação dos produtos comparando com a concorrência e avaliando os custos embutidos nos negócios, para garantir que o preço cobrado é capaz de pagar as despesas e gerar retorno financeiro para a empresa;
  5. Crie ações para ampliar o ticket médio, mais uma vez, vender mais para clientes fidelizados é mais barato do que vender para novos clientes;
  6. Faça uma gestão de estoque eficiente, afinal, um estoque ineficiente pode gerar prejuízos de capital de giro para a empresa;
  7. Amplie os canais de venda e atendimento da empresa, alcançando mas clientes e tornando o processo de compra mais fácil para os clientes. 

E aí, entendido qual é a diferença entre lucratividade e rentabilidade? Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários!

Conheça o Movidesk! O melhor sistema de Help Desk!

Aproveite para conhecer o Movidesk, um sistema de atendimento que une recursos de Help Desk e Service Desk e pode ser utilizado tanto para a comunicação com os clientes, quanto para a comunicação interna, melhorando processos internos e gerando  mais eficiência para todos os setores da organização, principalmente, na gestão de clientes. 

Como dissemos acima, investir em manter seus clientes felizes é uma excelente opção para gerar mais lucratividade e rentabilidade para a empresa. 

Faça como Mormaii, Tirolez e Hambürg Sud e mais de 2.000 empresas Brasil afora, entre em contato conosco e faça um teste grátis por 7 dias com a plataforma.

Teste o Movidesk!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *