Ordem de serviço: você está fazendo isso certo?

Ordens de serviço são emitidas e recebidas todos os dias. O recurso, que é essencial, traz muitas vantagens tanto para quem compra, quanto para quem vende. Se você se encaixa em alguma dessas opções, seria um equívoco passar batido por esse post!

Ordem de serviço

A ordem de serviço, também conhecida como OS, é o documento que formaliza o trabalho prestado para o cliente. Esse recurso é fundamental para organizar os processos do negócio, garantindo resultados tanto para a empresa, quanto para o consumidor.

Sempre existe aquele amigo que vai ao restaurante com você e bagunça todo o cardápio… “Pode tirar a cebola e adicionar o picles? Também consigo trocar o molho por queijo extra?” Logo, para o garçom dar conta de entregar exatamente o que o cliente deseja, ele utiliza recursos muito parecidos com uma ordem de serviço.

A analogia vale a pena: assim como o atendente costuma anotar cada pedido, toda empresa deve documentar o serviço prestado ao seu consumidor. E existem muitos motivos, como veremos no decorrer desse post, pelos quais essa é uma atividade importantíssima de se seguir.

Aposto que na sua empresa são geradas ordens de serviço diariamente. Mas, será que você está fazendo isso da forma correta? A partir de agora, vamos explicar a importância de uma OS e tudo o que você precisa saber para elaborá-la da maneira ideal para o seu negócio. Vem ver! 👀

[eBook] Boas práticas de atendimento: como encantar o cliente moderno?

Boas práticas de atendimento

O que é uma ordem de serviço

Começando pela parte básica, o objetivo de uma ordem de serviço, ou OS, é formalizar o trabalho prestado para o cliente. Entretanto, além de ser um documento fundamental nas negociações, ela também traz benefícios funcionais para toda a empresa.

Lidar com um público cada vez maior requer controle e organização. Por isso, a melhor saída é criar processos que otimizem o fluxo das operações. E para que esses procedimentos expressem as expectativas do consumidor, ao mesmo tempo em que orientam o profissional responsável pela sua execução, a ordem de serviço é uma solução obrigatória.

Além disso, você sabia que este é um tipo de documento previsto por lei? Conforme o capítulo V da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) – Decreto Lei 5452/43 de 02 de maio de 1943 , Artigo 157, Inciso II, cabe às empresas: instruir os empregados, através de ordens de serviço, quanto às precauções a tomar no sentido de evitar acidentes de trabalho ou doenças ocupacionais; (Incluído pela Lei nº 6.514, de 22.12.1977).

Assim, a elaboração de uma ordem de serviço deve variar conforme o segmento. Enquanto uma empresa no ramo da TI usará este registro como guia para sua área de suporte, uma construtora, por exemplo, deverá usar a OS também para determinar os riscos envolvidos em suas atividades, bem como os equipamentos de segurança necessários para evitá-los. Nesse cenário, a ordem de serviço funciona como uma garantia de que o colaborador está ciente das condições do trabalho.

E os benefícios?

Agora que já falamos sobre a importância da ordem de serviço, vamos listar seus principais benefícios:

  • Estabelece uma descrição detalhada do serviço;
  • Garante o alinhamento com a expectativa do comprador;
  • Possibilita o registro das atividades da empresa;
  • Promove uma comunicação interna mais definida;
  • Atualiza a equipe quanto ao progresso das operações;
  • Facilita o controle financeiro; 
  • Ajuda a mensurar o tempo investido em cada tarefa;
  • Melhora o atendimento ao cliente;
  • Auxilia na organização de modo geral.

A grande finalidade de uma OS é orientar o trabalho, tanto em relação às expectativas do cliente quanto ao que se espera da equipe envolvida. Nesse sentido, com o auxílio do recurso é possível controlar a produtividade, a mão de obra e os materiais empregados na prestação de um serviço.

Vale dizer que ao utilizar a ordem de serviço de forma contínua, você estará observando os processos do seu negócio frequentemente. O que vai te auxiliar a aperfeiçoá-los e corrigir eventuais erros de operação.

Tipos de ordem de serviço

Além de emitir ordens de serviço, sua empresa já deve ter recebido OS de outros fornecedores, certo? Então, é bacana conhecer as diferentes categorias em que elas se enquadram para fins de organização. Veja as principais!

Manutenção
A ordem de serviço de manutenção é uma das mais comuns, pois regularmente precisamos conservar e reparar algo que compramos para utilizar a longo prazo. 

Solicitação de serviço
Nesse caso, a OS não depende da intenção de preservar ou consertar o produto ou serviço. Ela acontece no início de um novo projeto ou na expansão do que já existe. 

Solicitação de serviço preventivo
Essa ordem de serviço preventiva, como o nome já diz, é uma forma proativa de preparar o produto ou serviço contratado para que não ocorram imprevistos no futuro. 

Modelo de ordem de serviço

Tudo certo até aqui? Já vimos que a OS contém as orientações fundamentais para o planejamento e execução de cada serviço. Em outras palavras, podemos afirmar que ela funciona como uma requisição e autorização do cliente e/ou profissional responsável para que a empresa efetue a tarefa da qual necessita. 

Também já compreendemos que cada modelo dependerá do tipo de negócio. Mas, existem algumas regrinhas que podem ser aplicadas a praticamente todos eles. Vamos descobrir quais são elas? Prepare o checklist 👇

✔ Dados do solicitante (cliente ou colaborador);
✔ Data de emissão;
✔ Número do documento (para distinguir cada ordem de serviço e simplificar a organização);
✔ Valores (unitário e total) e forma de pagamento;
✔ Assinaturas com especificação de cargo (do solicitante, do executante e do técnico de segurança do trabalho);
✔ Descritivo detalhado dos processos a serem realizados;
✔ Informação dos equipamentos, mão de obra e procedimentos recomendados para serem utilizados no serviço;
✔ Termo de responsabilidade (definindo as obrigações de cada parte envolvida);
✔ Revisão da ordem de serviço (campo destinado a manter a OS sempre atualizada);
✔ Risco de operação (é crucial que os gestores conheçam estes riscos e busquem minimizá-los e excluí-los);
✔ Equipamentos de proteção individual obrigatórios para a realização do trabalho;
✔ Medidas preventivas (de acordo com as normas de segurança do trabalho);
✔ Capacitações e habilidades que são requisitadas para a realização de cada tarefa.

Faça o checklist e descubra se o seu site possui todos os recursos fundamentais.

Você pode contar com a ajuda de um sistema de gestão para automatizar a emissão de suas ordens de serviço ou estruturar o recurso em programas como o Excel, Word, Google Docs e PDF, por exemplo.

Outro ponto importante é que, no segmento da TI, normalmente cada OS possui três vias: uma para o colaborador, outra para o seu departamento e uma para o Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT). Este último tem a responsabilidade de assegurar a integridade mental e física dos funcionários durante suas atividades.

Não dê chance ao erro

Lembre-se que alguns fatores são indispensáveis para a correta elaboração de uma ordem de serviço. Para não dar chance ao erro planeje-se bem e tenha certeza de que todas as informações e instruções importantes constam em seu modelo. 

A fim de eliminar o retrabalho, não deixe de esclarecer todas as suas dúvidas com o cliente. Ah, e assegure-se sempre de que todos os riscos estejam explicados detalhadamente. Por último, compartilhe a ordem de serviço com os departamentos encarregados de realizar a função.

O segredo está nos detalhes

Gerenciar uma empresa depende de várias coisas, mas o segredo está na forma como elas são feitas. Transparência, organização, criatividade e inovação são detalhes que não podem passar em branco para quem deseja oferecer o melhor atendimento ao seu cliente.

Então, espero que você aproveite essas e todas as outras dicas do nosso blog para obter resultados ainda mais positivos. Além disso, temos uma equipe de especialistas preparada para avaliar o seu negócio! Converse com um de nossos experts e receba um diagnóstico gratuito.

Ordem de serviço do dia: descobrir a estratégia de atendimento ideal para seu negócio.